Diário de diana

AMOR de "Cacto e o Balão"

Segunda-feira, 08 de Outubro de 2012.
feliz     

AMOR de "Cacto e o Balão" Público

Era uma vez um cacto, que se apaixonou por um balão. Um amor impossível surgia, afinal qualquer toque do cacto no frágil balão o faria acabar para sempre. Os dois sempre conversavam e expressavam o quanto um amava o outro, mas como não podia haver nem um abraço, um beijo, aquele romance não foi pra frente e teve um fim. O cacto desapareceu, o balão ficou desolado.
Meses depois um belo cacto, liso
como vidro bate à porta do balão:
Balão: Olá, em que posso ajudá-lo?
Cacto: Não está me reconhecendo?
Balão: É você meu amor?
Cacto: Sim, sou eu.
O abraço foi instatânio, ambos se amavam mais que tudo, foi o melhor momento daquele romance.
Balão: Mas amor, o que houve com seus espinhos?
Cacto: Me dei ao trabalho de arrancar um por um.
Balão: E não doeu meu amor?
Cacto: Doeu, e muito, mas por você eu faria, mesmo que seja a pior dor do mundo.


Moral da história: Se há amor, nada é impossível, porém é necessário que haja sacrifício.


  [Voltar]  


Comentários

Comentários (5)




Para fazer comentários, realize o login.





Segunda-feira, 08 de Outubro de 2012 às 15:49
Lindo!!
Pena que existe uma porcaria chamada MEDO...

(
0
)
(
0
)

 diana
Segunda-feira, 08 de Outubro de 2012 às 15:44
se esse amor te amar mesmo electrock, dará dar valor a todo o teu sacrificio acredita

(
0
)
(
0
)

 diana
Segunda-feira, 08 de Outubro de 2012 às 15:44
se ele te amar mesmo electrock, ele vai dar valor a todo o teu sacrificio acredita

(
1
)
(
0
)

Domingo, 07 de Outubro de 2012 às 23:44
Realmente, mas no meu caso, meu medo é ter o trabalho de arrancar todos os meus espinhos e balão não me querer mais :(

(
0
)
(
0
)

Domingo, 07 de Outubro de 2012 às 22:09
Nossa!!!!
Achei muito lindo e concordo que quando existe amor nada é impossivel mesmo enfrentado muitas dificuldades se for verdadeiro com certeza sairá vencedor!

(
1
)
(
0
)

 

Últimos Acessos


 

Destaque

    Twitter Facebook Orkut